• Clau Gazel

5 motivos para ver a exposição de Fragonard no Musée du Luxembourg

Fragonard Amoureaux, galant et libertin estreou no Musée du Luxembourg há dois meses e está fazendo um grande sucesso. Você quer saber o porquê? Abaixo revelamos 5 motivos para você visitá-la e se surpreender:

1. Fragonard foi o mestre do erotismo e da sensualidade na pintura

Aluno de François Boucher, o pintor se tornou um dos grandes representantes da iconografia sensual, amorosa e libertina. Mais ousado que seu mestre, Fragonard inaugurou uma nova estética, por vezes chocante, em que corpos e faces se misturam, permitindo-se inclusive representações eróticas. Uma nova dimensão carnal do amor foi trazida ao mundo da arte através das obras de Fragonard.


Fragonard Instant desire_Maurice Aeschimann

Fragonard, L’instant désiré (meados de 1770); foto de Maurice Aeschimann

2. A audácia está sempre presente em suas telas

O visitante não olhará para Fragonard com os olhos de um pintor do Séc XXI, obviamente. E, para um pintor do Séc. XVIII, ele é considerado audacioso, seja pela dimensão carnal do seu trabalho, seja pela profundidade com que conseguiu reproduzir inúmeros sentimentos em sua obra.


Le baiser volÈ

Fragonard, L’Enjeu perdu ou Le Baiser gagné (1759/1760); foto MMA

3. Fragonard é sensualidade, mas não só

Além da sensualidade presente em suas telas, Fragonard as impregnou de uma sensibilidade nova, diferente. Como nenhum outro pintor de seu tempo, ele soube explorar todas as vertentes do sentimento amoroso, ultrapassando assim a simples estratégia da libertinagem. Em outras palavras, seus quadros não são meros retratos de cenas de prazer, mas deles emana a existência de variados sentimentos ligados à temática amorosa: conquista, dúvida, desejo, prazer, amor e assim por diante.

4. O amor existe em todas as classes

Fragonard não se limitou às cenas internas, de bailes, festas ou encontros às escondidas da aristocracia e da nobreza. Para Fragonard, o amor é também rústico, popular e natural, e o representou em magníficas cenas ao ar livre, com homens e mulheres à vontade, em bosques ou à beira de lagos.

5. A seleção excepcional de obras do pintor

São 80 telas exibidas no Musée du Luxembourg, muitas delas conhecidas, mas não mais importantes que pequenas joias encontradas entre colecionadores europeus e americanos. Pode ser a única oportunidade para vê-las lado à lado.

Anote: Musée du Luxembourg; 19 rue de Vaugirard; 16/09/2015 à 24/01/2016; todos os dias 10h/19h (noturno sex e seg até 21h30); ingressos 12 euros.

#MuséeLuxembourg #exposiçõesinverno2015Paris #exposiçõesemParis2015 #Fragonard #dicasdeParis

0 views0 comments