• Clau Gazel

Air BNB em Paris: será que é pra você?

Verdadeira entusiasta do que chamo turismo de experiência, sempre estimulei a hospedagem em apartamentos, seja como viajante, como blogueira, como "travel designer" ou como guia.


Mas alugar apartamento em viagem é para quem pode, não para quem quer. E não digo em termos financeiros. Pode ser mais caro, mais barato ou dar na mesma no bolso. O que vale mesmo é estar preparado para ficar "numa casa" e sem os serviços de hotel.


Tem gente que só se hospeda em apartamento e não abre-mão por diversos motivos. A opção traz ótimo custo-beneficio: o valor da diária muitas vezes é menor, é possível ter  muito mais espaço do que num quarto de hotel e o contato com os comerciantes e a gastronomia local oferece uma experiência única.



Mas vale lembrar que um apartamento é uma casa e, como tal, precisa de manutenção e pode ter problemas constantemente. E um deles pode acontecer quando você estiver hospedado. Essa afirmação não tem nem de longe o intuito de convencê-lo a não viver esta experiência, mas apenas de escolhê-la de forma consciente.


Mas que tipo de problemas? Ué, os mesmos que podem acontecer na sua casa! A internet que não funciona, a água que não esquenta, o forno que não liga, a água da lava-loucas que não escorre, a pia que vaza, o aquecedor que não aquece, a descarga entupida...


Às vezes são coisinhas fáceis de resolver e você nem vai se lembrar depois de passar 10 fantásticos dias sob o céu parisiense. Mas às vezes você simplesmente não quer esse tipo de problema nas suas férias. Lembre-se disso! No hotel, você passa a mão no telefone e o problema não é mais seu (se o hotel for bom e o atendimento, idem).


Adoro lembrar o exemplo dos meus pais. A cada visita eu tentava os convencer a ficar em apartamento, mas o meu velho era contra. Até o momento em que experimentou e nunca mais largou. Adorou! Curtiu ter mais espaço que num quarto de hotel e também poder fazer suas comprinhas e tomar um vinho sossegado à noite em casa.


Mas eu não sou nem louca de colocar meus pais no Air BnB. Eles precisam ter à quem recorrer se der um problema. E a limpeza?!?! Ah meu Deus, dona Sonia - minha mãe - gosta de tudo bem limpinho, arrumadinho , "à la brésilienne". Bom, onde quero chegar com isso, já que eu mesma uso e abuso do Air BhB?


O fato é que o site é uma ótima opção quando a localização é boa, o apartamento é limpo, as camas são confortáveis, a janela abre, a geladeira não fede, os ratos não fazem a festa no salão. Os comentários podem ajudar e muito a sua escolha, mas lembre-se que exatamente como acontece em grandes sites as pessoas tem culturas, gostos, expectativas e exigências diversas. Eu acabo de deixar de alugar um apartamento maravilhoso porque falavam mal do colchão.


Logo, antes de alugar pelo site o melhor é procurar por apartamentos com fotos verificadas – os fotógrafos do próprio Air BNB fazem as fotos e geralmente são fidedignas, perguntar tudo o que deseja ao proprietário ou se possível, alugar um apartamento indicado por alguém conhecido. De novo: nem mesmo seu amigo tem as mesmas exigências que você!


Falando especificamente de Paris, os apartamento tem uma configuração totalmente diferente. Tem gente que não curte banheira, não quer subir escadas, sente incômodo pelo barulho - já que os apartamentos são pouco isolados e o piso range (oh la la, um verdadeiro clássico hausmaniano!!) . Neste caso, corre para um hotel! Tem que estar de mente aberta para alugar um apartamento em Paris pelo Air BnB. Se for mês de verão então, saiba que o dono do A P, se morar nele, vai estar dando a volta pelo mundo e não vai estar nem aí para sua água que não esfria ou a janela que não abre.


Agora, se você quer alugar um apartamento mas simplesmente tem medo de ficar na mão caso algum problema aconteça, existem agências especializadas para a contratação de apartamento em Paris. Você não precisa recorrer ao Air BnB.


Há muitos anos elaborando roteiros personalizados, o que faço é ajudar na escolha de acordo com o perfil de cada um: com ou sem filhos, viagens em casais, gente que curte balada, gente que dorme cedo etc. Tudo isso! E se você quiser uma agência, corre para "À la parisienne" que o atendimento e o serviço é "à la brasileira"! Limpeza, lençois, secador etc... tudo o que você precisa, sem surpresas.


E fique ligado na nossa promoção: à partir de fevereiro de 2020 até o final do verão Europeu, você ainda você ganha um guia do bairro do apartamento escolhido feito com minhas dicas! Como funciona a promoção?

1. Você me escreve (meu whtasapp taí no meu site e meu email também) e eu te ajudo a escolher o apartamento "À la Parisienne" de acordo com os seus critérios, visto que, cá entre nós, conheço Paris como a palma da minha mão... e sou modesta.

3. Você segue @claugazel_parisnasveias e @vivaàlaparisienne no Instagram e compartilha no seu perfil do Insta o post da promoção;



4. Contratou o apartamento? Uhuuu. Vive la France!!!!

5. Me avise e o guia personalizado do bairro é seu! Bora viver Paris nas veias?


Nas fotos: apartamento Bastille (pertinho do metrô Sully Morland) ; o luxuoso AP na Ilha Saint-Louis (espie a região neste video), para quem quer ficar no coração de Paris.


©2019 by Paris na Veia. Proudly created with Wix.com