• Clau Gazel

Brunch no Le Pain Quotidien

O Le Pain Quotidien é uma boulangerie e patisserie criada por Alain Coumont, belga que, incomado com a qualidade dos pães que experimentava, resolveu realizar seu sonho e em prática aquilo que aprendera na infância com sua avó, proprietária de hotel na Bélgica: pães rústicos e naturais, de miolo denso e casca crocante, criados com produtos ôrgânicos e de qualidade superior. Sua primeira boulangerie foi aberta em Bruxelas, em 1990. De lá, Coumont expandiu o negócio para os Estados Unidos e mais 18 países. O Le Pain Quotidien é um lugar onde você pode comprar pães, croissants, tortas, doces, azeites e geléias para levar par casa, mas também pode se sentar e degustar uma deliciosa tartine ou quiche acompanhadas de uma taça de vinho. Característica marante da boulangerie são as mesas comunitárias. Aos domingos o brunch causa fila na porta, a qual, mesmo com o frio, resolvi encarar (na loja do Marais – 18, Rue des Archives; seg/dom – 8/22h). Suco de maçã ou laranja, café ou chocolate quente, pães, croissant (dos deuses, com casquinha esfarelenta e miolo aerado e macio), um ovo quente, iogurte com granola da casa (crocante e cheia de uva passa do jeitinho que eu gosto), presunto, queijo e geléias também da casa (são diversos sabores que você pode consumir à vontade; experimente a de figo e a de damasco). Esta opção custa 22,95 euros por pessoa. A outra opção que acompanha salmão defumado ao invés dos frios, custa 25,95 euros. E assim você pode começar muito bem um domingo preguiçoso. São seis endereços na cidade, confira no site.



#brunchemParis #dicasdeParis #LePainQuotidien

0 views0 comments