• Clau Gazel

Cinema francês: Festival Varilux acontece em 9 cidades do Brasil


De 2 a 10 de junho acontece o Festival Varilux, onde serão exibidos em pré-estréia 10 filmes franceses, em 9 cidades do Brasil: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Fortaleza, Porto Alegre, Recife e Salvador. O Festival realizado pela Unifrance com apoio da Embaixada da França no Brasil e da Delegação das Alianças Francesas, já na terceira edição, contará com a presença de atores e diretores em algumas sessões. Confira abaixo os filmes que serão exibidos e acesse o site do Festival Varilux para informações completas acerca da programação.

8 Vezes de Pé (8 Fois Debout) Direção: Xabi Molia

Elsa vive de bicos e tenta conseguir um emprego fixo para obter a guarda do filho. Mathieu, seu vizinho, coleciona  entrevistas de emprego. Os dois insistem em se levantar todos os dias, em um mundo que não parece feito para eles.

O Pequeno Nicolau (Le Petit Nicolas) Direção: Laurent Tirard

O garoto Nicolas leva uma vida tranquila. É muito amado por seus pais e tem uma turma de amigos com quem se diverte bastante. Para ele, nada precisa mudar. 
Mas um dia, Nicolas ouve uma conversa entre seus pais que o faz achar que a mãe está grávida. O menino entra em pânico e já imagina o pior: tão logo nasça um irmão, seus pais deixarão de lhe dar atenção e vão abandoná-lo na floresta, como as histórias do Pequeno Poucet, de Perrault.

Coco Chanel & Igor Stravinsky (Coco Channel & Igor Stravinsky) Direção: Jan Kounen

Paris, 1913. Coco Chanel está completamente dedicada ao trabalho e vive uma grande história de amor com o rico empresário Boy Capel. Mas, no Teatro des Champs Élysées, Igor Stravinsky apresenta o Sacro da Primavera e Coco se apaixona.

Faça-me Feliz (Fais-moi Plaisir!) Direção: Emmanuel Mouret

Para salvar seu casamento, uma mulher propõe que o seu marido tenha um caso com uma outra mulher. Relutante em um primeiro momento, ele acaba cedendo às pressões “em nome do amor”. Mas, quando o marido vai se encontrar com a amante recomendada, descobre que se trata da filha do presidente da República.

Hadewijch (Hadewijch) Direção: Bruno Dumont

Marcada por sua fé cega, Hadewijch, uma noviça, é mandada para fora do convento pela madre superior. Hadewijch se torna, então, Celine, uma jovem parisiense filha de um diplomata. O seu amor apaixonado por Deus, a sua raiva e o seu encontro com Yassin e Nassir a levam, entre a graça e a loucura, a caminhos perigosos.

O Dia da Saia (La Journée de la Jupe) Direção: Jean-Paul Lilienfeld

Um dia, uma professora exausta faz seus alunos réfens.

O Profeta (Un Prophète) Direção: Jacques Audiard

Condenado a seis anos de prisão, Malik El Djebena, meio árabe, meio córsico, é analfabeto. Ao chegar à prisão, totalmente sozinho, ele, com 19 anos, parece mais jovem e mais frágil que os outros presos. O líder da facção dos córsicos dá a Malik uma série de “missões” a serem cumpridas. Ele aprende rápido e se fortalece, ganhando a confiança do chefe da facção. Malik usa, então, toda a sua inteligência para desenvolver discretamente o seu plano.

O Refúgio (Le Refuge) Direção: François Ozon

Mousse e Louis são jovens, lindos, ricos e se amam. Mas a droga tomou conta da vida deles. Um dia, Louis morre de overdose. Mousse sobrevive e descobre que está grávida. Perdida, ela foge para uma casa longe de Paris. Alguns meses depois, o irmão de Louis a encontra nesse refúgio.

Oceanos (Océans) Direção: Jacques Cluzaud e Jacques Perrin

Filmado nos quatro cantos do mundo, o longa mostra como é nadar a dez nós ao lado de um cardume de atuns caçando, como acompanhar os golfinhos e como nadar com o grande tubarão branco. O filme Oceanos é sentir-se um peixe entre os peixes.

Um Novo Caminho (Le Dernier pour la Route) Direção: Philippe Godeau

Hervé, dono de um agência de notícias, decide se livrar da dependência do álcool. Longe de tudo e graças aos outros, ele consegue lutar e começar uma nova vida.

#festivaldecinemafrancês #festivalVarilux #ReservaCultural

0 views0 comments