• Clau Gazel

Descendo a serra do mar

Em Camburi, numa ruazinha simpática e estreita, você deixará o seu carro em um estacionamento e pegará uma Van. Certa expectativa se cria a partir deste momento, não à toa … em poucos minutos, você desembarcará no Manacá e, muito provavelmente, terá uma de suas experiências grastronômicas inesquecíveis!!! Comece pedindo a caipirinha de limão siciliano, gengibre, hortelã e mel. O couvert tem pães deliciosos (de leite, de azeite, de nozes) que serão degustados com polvo à vinagrete, com um leve toque de gengibre…sabor especial, que você não querer parar de sentir! Aí, pede mais uma pão, mais um pouquinho de vinagrete e quase se esquece que o principal está por vir!!! O cardápio é estonteante e você pode querer tudo e mais um pouco!!! Minhas sugestão: Prato dos pescadores, que leva polvo, lula, vieira, camarão, marisco e um pedaço de peixe do dia, com um molhinho de vinho branco, tomate, ervas e alho!!!! Quanto à sobremesa, desculpe, mas eu não consegui chegar neste ponto do cardápio! É caro? Sim, é caro, mas vale cada centavo! Por isso, escolha um dia especial (eu fui no meu aniversário de 5 anos de casamento, gastamos R$260 – couvert, dois pratos, caipirinha e cerveja) ou então, se você gosta mesmo de comida, economize na blusinha, no almoço durante a semana, na pousada, mas não deixe de conhecer o Manacá!!! Veja: http://www.restaurantemanaca.com.br/ Dicas: 1. reserve antes de ir, principalmente aos sábados, dia em que casa lota para o jantar; 2. se gosta de cozinhar e quiser tentar algumas das receitas de Edinho Engel, compre o livro “O Cozinheiro e o Mar” , da Editora DBA; 3. em caso de dúvida no cardápio, peça dicas aos garçons que, muito educados e solicitos, terão uma opinião a dar.




#restauranteemCamburi #restauranteManacá

0 views0 comments