• Clau Gazel

Mel nos telhados de Paris

A cada dia Paris me surpreende mais. A notícia não é fresquinha, mas eu me deparei com ela apenas recentemente. Desde 2009 o Grand Palais abriga no seu teto um apiário! Tudo começou em 2008, quando o apicultor Nicolas Geant (foto abaixo) propôs aos administradores do palácio a implementação do apiário. Com o intuito de contribuir com a biodiversidade, a idéia foi de cara acolhida com entusiasmo. O profissional entende que hoje em dia algumas áreas urbanas podem ser mais adequadas às abelhas do que certas áreas rurais, onde não há diversidade de flores, por conta da plantação de um só tipo de produto agrícola. Além disso, os pesticidas utilizados nas plantações são prejudiciais às abelhas. No início da primavera de 2010 ocorreu a primeira colheita de mel: 50 Kg! O mel é vendido no local.


E o teto do Grand Palais não é a única produção urbana da cidade. Aos cuidados do mesmo apicultor há uam criação no teto do prédio da Louis Vuitton próximo à Pont Neuf. O teto da Opéra Garnier (foto abaixo) também abriga suas abelhas, assim como o do Centre d’animation de la place des Fêtes e do Lycée professionnel Jean-Jaurès (19º arrondissement).


Foto: Eric Tourneret – Le Peuple des Abeilles

#abelhasnaOpéraGarnier #abelhasnoGrandPalais #dicasdeParis #produçãodemelnostelhadosdeParis

0 views0 comments

©2019 by Paris na Veia. Proudly created with Wix.com