• Clau Gazel

O outono chegou em Paris

O outono chegou. E é incrível como, de uma hora para outra, tudo muda: temperatura, paisagem, cor das árvores e até o céu. A viagem, para quem visita a cidade, também passa a ser outra. Não melhor, nem pior: apenas diferente. Os dias são frios e mais curtos, o que pede programas em lugares fechados e mais quentes.


outono

Preparamos para você uma seleção de programas legais para aproveitar os próximos meses na cidade!

COMIDINHAS E GULODICES

Padarias, boulangeries, restaurantes e chocolates. Isso tudo tem muito a ver com o frio, não?

Uma listinha imperdível de pães e doces: nosso preferidos!


croissant

A HORA DO CHÁ

Marcovado Café – um café escondidinho e simpático em pleno Marais. O bolo de chocolate com coco é dos deuses.


Marcovaldo Cafe5

Mamie Gateaux – não tem jeito, é nela que pensamos em primeiro lugar para comer tortas e bolos fresquinhos numa tarde gelada de outono.

Tarte tropézienne – típica do sul da França, mas vai bem em qualquer lugar ou à qualquer hora.


Tarte Tropézienne

Falamos mais de outras casas de chá neste post: Cafés para curtir o outono.

EU QUERO VINHO FRANCÊS

Que tal um bom bar à vin? Vinho, queijos e embutidos! não tem nada mais típico. Endereços que adoramos:

Le 5e Cru – delicioso e agitado bar à vin no 5e arrondissement. As tábuas de frios são super boas! 7 rue du Cardinal Lemoine 75005, seg/sex 12h/15h e 19h/00h e sab. 19h/00h.

Le Cinquante – simpático bar com atendimento um pouco caótico, mas clima legal e público descontraído. Fica no agitado Canal Saint-Martin. 50, rue de Lancry; tel. + 33 1 ; ter/dom. 18h/2h.

Le Baron Rouge a poucos metros do Marché d’Aligre, no 12e arrondissement, este bar de vinhos com pouquíssimas mesas tem uma proposta descontraída e interessante. Com apenas 4 ou 5 mesas e alguns barris que servem como apoio, a maior parte da clientela bebe e conversa de pé, após escolher entre os inúmeros rótulos de vinho. Para acompanhar, tábuas de frios e queijos. No inverno – geralmente a partir de outubro, serve ostras fresquíssimas.  1 da Rue Théophile-Roussel; horário sob consulta.


baron rouge

PRAZERES DA CARNE

Muito se engana quem pensa que em Paris não se come carne. A França é o país que mais consome carne na Europa. São 25 Kg por pessoa/ano e a produção nacional é imensa.

Les Provinces – restaurante e açougue no mesmo lugar. Carne mais fresca, impossível! 20, rue d’Aligre – 75012; ter/dom. 12h/14h30 (restaurante); aproximadamente 25/30 euros por pessoa; metrô Ledru Rolin/linha 8. Dica da querida Sophie, do restaurante L’AOC (abaixo).

L’AOC  – Meu queridinho L’AOC tem comida deliciosa, é especialista em carnes e tem o melhor steak tartare de Paris! Sophie se encarrega da recepção e do vinho. Na cozinha, Jean Philippe se dedica às especialidades da casa: carnes provenientes dos melhores produtores da França. E o casal recebe seus clientes como ninguém! 14, Rue des Fosse Saint-Bernard; ter./sáb. 12h/14h e  19:30/23h; metrô Cardinal-Lemoine/linha 10.

MUSEUS E EXPOSIÇÕES

A cidade está cheia de novidades culturais que conferimos e indicamos aqui: use e abuse!

Warhol no Grand Palais

Picasso Mania no Grand Palais

Elisabeth Le Brun no Grand Palais

Take I’m Yours na Monaie de Paris


Picasso Mania 1

#dicasdeParis #outonoemParis #programasparafazernofrioemParis

0 views0 comments