• Clau Gazel

Polvo, a alegria dos espanhóis


Ah, Polvo Paul! O Sr. que se cuide pois na Espanha o polvo sempre esteve na moda. De corpo mole e sem esqueleto, o polvo, molusco marinho da ordem Octopoda, possui oito braços que, cozidos, assados ou grelhados, temperados com sal, azeite, pimenta, cebola, páprica, limão ou o que mais permitir sua imaginação, tornam-se verdadeira iguaria.

Na Espanha, há vários lugares altamente recomendáveis para degustar um bom polvo. Confira:

Polvo à galega em Madrid, no Maceiras – Calle Huerta, n. 66


Polvo à galega em Barcelona, na Pulperia Celta – Carrer de la Mercè, n. 16

Polvo à galega em Formentera, no Can Toni, em La Mola.

Polvo ao forno em Sevilha, na Cerveceria Giralda – Mateos Gago, n. 1

Em São Paulo, indico o polvo à Tasquinha, da Adega Santiago e o téntáculo de polvo com tomate e alho poró do Vito (foto abaixo).


E como mesmo antes da Copa do Mundo  já era fissurada em polvo, costumo preparar em casa. Segue abaixo uma receita fácil, rápida e deliciosa.

Polvo à galega ou Pulpo a la gallega 2 litros de água 1 polvo grande, limpo e sem cabeça 4 folhas de louro 3 dentes de alho flor de sal azeite extra virgem de ótima qualidade 2 colheres de páprica doce

Coloque o polvo em uma panela de pressão. Junte a água, os dentes de alho e as folhas de louro. Deixe ferver por mais ou menos 35, 40 minutos.  Tire do fogo e veja se está macio o suficiente. Corte os braços do polvo em fatias. Tempere com flor de sal, páprica e azeite. Sirva quente e, se desejar, com batatas cozidas.

#PulperiaCelta #restauranteAdegaSantiago #receitadepolvo #Maceiras #CanToni #VitoRestaurante #CerveceriaGiralda

0 views0 comments