• Clau Gazel

Hoje em Paris: L’Orangerie

Monet é um dos meus preferidos, desde que comecei a conhecer alguma coisa de arte. Por isso, antes mesmo de morar em Paris, já havia tentando conhecer o L’Orangerie. Mas a fila me impediu. Hoje dei sorte. Nada de fila. E vale muito à pena. Especialmente pela série as Nymphéas, que Monet pintou em Giverny. Em duas salas ovais enormes, iluminadas pela luz do dia, estão expostas as telas em tamanho gigante, que dão a nítida impressão de se estar dentro dos jardins que tanto inspiraram o pintor.



Além disso,  Rousseau, Modigliani, Laurencin, Matisse, Picasso, Derain, Utrillo e Soutine. Grandes obras, num espaço organizado, sem empura-empurra, já que a fila anda conforme as pessoas vão saindo do Museu, evitando aglomeração e tornando a visita mais agradável. Enfim, entrou para minha lista de lugares preferidos em Paris. Anote: qua/seg – 9/18h; Jardins des Tulleries (bem próximo ao Obelisco); metrô Concorde – linha 1; ingresso: 7,5 euros.


Henri Matisse, Odalisque à la culotte grise, 1927.


Chaim Soutine, Le Village, 1923.

#LOrangerie #dicasdeParis #Monet #museuemParis #MuseuLOrangerie

0 views

©2019 by Paris na Veia. Proudly created with Wix.com