• Clau Gazel

Onde ficar: hotel ou apartamento?

Frequentemente tenho sugerido aos leitores alugar um apartamento para passar as férias na Europa ao invés de ficar em hotel. No entanto, para muitos a experiência é inédita, o que causa dúvida e até mesmo certo receio, o que é absolutamente natural. Então, quais seriam efetivamente as vantagens e desvantagens ao escolher esta opção? O que realmente deve ser avaliado para que depois não haja arrependimento?


Apartamentoque aluguei em Amsterdam

Em primeiro lugar, é preciso saber que, comparando a diária de um quarto de hotel à do aluguel de um apartamento, este pode ser mais caro. No entanto, trata-se de uma aparente desvantagem, uma vez que, na ponta do lápis, a viagem pode ficar bem mais barata, considerando que parte das refeições em restaurantes caros será substituída por pratos preparados no próprio apartamento.

Depois, é importante lembrar que no apartamento não tem ninguém para arrumar cama, limpar  o banheiro e lavar a louça. Para alguns, isso não é impeditivo. Para outros, é inadmissível ter que exercer algumas atividades domésticas durante as férias, por mais simples que sejam, ainda que por um reduzido período de tempo.

As imobiliárias geralmente dão toda a assistência em caso de problemas ocorridos no apartamento como, por exemplo, um aquecedor que funciona mal, o chuveiro que esquenta demais, entre outros. No entanto, em um hotel basta passar a mão no telefone e alguém que está a apenas alguns andares de distância de você estará disponível para atendê-lo. Bem, ao menos em tese.

Por outro lado, a experiência de ficar num apartamento pode tornar sua viagem inesquecível. Se você gosta de comer e apreciar os produtos locais, poderá ir ao supermercado, à queijaria, à padaria e comprar tudo do bom e do melhor. Desse modo, você pode variar no cardápio, fazer verdadeiros banquetes e, ainda, levar com você o gosto na memória de tudo aquilo que provou.

E para quem prefere avaliar o aspecto financeiro da questão, é bom lembrar que ao fazer algumas refeições em casa, gasta-se bem menos do que se optar por tomar café da manhã em hotel – atualmente na maioria dos hotéis o café da manhã não está incluso no preço da diária – e comer em restaurantes.  Sem dúvida, a redução no custo das refeições pode chegar a 50% em comparação com um restaurante de nível médio.

Agora, a escolha é com você. Basta saber o que procura em uma viagem.

#alugarapartamentonaEuropa #alugarapartamentonasférias #dicasdeParis #ondeficarnaEuropa

0 views0 comments