• Clau Gazel

5 lugares para tomar vinho em Paris

É hora do tira-gosto – Claudia Gazel, para Go Where Gastronomia – matéria publicada em set/2013


La cremerie FLYER bon

A hora do aperitivo (apéro, em francês) é coisa séria para os parisienses. Especialmente no verão, quando, no final da tarde, os bares e cafés da cidade ficam lotados. Vinho, cerveja e até sangria podem vir acompanhados de uma deliciosa tábua de frios ou até mesmo – pasme – de tapas bascas! E aqui estão endereços imperdíveis para você curtir no maior estilo seu apéro parisiense.

E tapear em Paris também é possível

Dans les Landes

Não é preciso sair de Paris para comer uma boa tapa basca. O cardápio é longo e traz algo além de especialidades bascas. As porções são grandes e podem ser divididas. Sucessos garantidos são o camembert empanado servido com pedaços de maçã verde e erva doce, a  burrata com tomate e manjericão e as linguiças txistorras servidas com pimenta verde. Para acompanhar, a sangria de vinho branco com frutas amarelas é super refrescante. Reserve uma mesa no terraço e não vai se arrepender.119 bis, Rue Monge – 75005; tel. + 33 1 45 87 06 00; ter/sáb. – 12h/23h.

L’Avant Comptoir

O L’Avant Comptoir é um bar de tapas onde você degusta os melhores e mais saborosos produtos selecionados pelo renomado chef Yves Camdeborde, proprietário também do bistrô vizinho “Le Comptoir”. No pequeno balcão, os clientes se espremem e lutam para pedir o próximo petisco ou uma taça de vinho. O esquema é bem típico: barulho, descontração e todo mundo em pé. Não há cardápio e as tapas disponíveis estão descritas em pequenos cartazes pendurados no teto. Prove o atum grelhado com molho agridoce, a linguiça chipolata, o presunto cru e a rabada de boi para comer no pão. Ou espie o petisco do grupo ao lado e peça o que te fizer salivar. O atendimento é ótimo, com direito a sorriso no rosto; basta aguardar a sua vez. E, acredite: eles sabem exatamente a quem atender. 9, rue Carrefour de l’Ódeon – 75006; tel. + 33 1 44 27 07 97; – seg/dom  – 12h/23h; www.hotel-paris-relais-saint-germain.com.


atum

Bar à vin

La Crèmerie Criada em 1880, a Crèmerie (local especializado em produtos laticínios) foi transformada em bar a vin em 1950. À frente do negócio desde 2006, o proprietário Serge Mathieu faz questão de experimentar e escolher pessoalmente todas as iguarias que vende e serve – ali também funciona uma pequena mercearia –  e serve. Entre elas, prove a geleia de açafrão com pera, vinda diretamente de um produtor do sul do país, na região do Mont Ventoux. A verdadeira burrata italiana também está no cardápio conforme a estação. A seleção de charcuteries também merece destaque. A carta de vinhos é repleta de rótulos das melhores regiões da França. Hoje, poucas mesas dão lugares a não mais que 10 ou 15 clientes. Neste bar a vin, de fato, impera a máxima “menos é mais”: cardápio enxuto onde tudo é apreciável. 9, Rue des Quatres Vents – 75006; + 33 1 43 54 99 30; almoço: ter/qui. – 12h/13h30; sex/sáb. 13h/14h30; jantar: ter/sáb. 17h/22h; www.lacremerie.fr.


DSCN7923

Le Baron Rouge

A poucos metros do Marché d’Aligre, este bar de vinhos com pouquíssimas mesas tem uma proposta descontraída e interessante. Com apenas 4 ou 5 mesas e alguns barris que servem como apoio, a maior parte da clientela bebe e conversa de pé, após escolher entre os inúmeros rótulos de vinho. Para acompanhar, tábuas de frios e queijos. No inverno – geralmente a partir de outubro, serve ostras fresquíssimas.  1 da Rue Théophile-Roussel – 75012; tel. + 33 1 43 43 14 32; horário sob consulta.


baron rouge

#LeBaronRouge #ondecomertapasemParis #LAvantComptoir #baravin #bardetapasemParis #ondetomarvinhoemParis #DanslesLandes #LaCrèmerie #bardevinhosemParis #dicasdeParis

0 views0 comments