• Clau Gazel

Croissant para comer de joelhos

Eu preciso confessar algo. Croissant não está entre as coisas que eu mais como por aqui. Não que eu não goste. Pelo contrário. Adoro. Mas quando morava no Brasil, uma grande amiga, francesa, me disse que daria um conselho para que eu não engordasse aqui na França. E em tom de segredo de Estado, me aconselhou: ne mange pas les croissants! E, entendida das coisas que é, respeito e sigo à risca – me mato na eclair au chocolat, mas e daí? Que me conhecia sabe que eu nem ligo para esse lance de calorias. Mas o conselho me soou muito mais como profecia do que como dieta. São raras as exceções que encontro para comê-los. E as visitas são a melhor desculpa. Ah, você precisa comer um bom croissant aqui em Paris. É como ir à Roma e não comer… deixa pra lá.  E aí não dá para queimar cartucho. Tem que ser “o ” croissant, que dá para desenrolar as camadas com a mão, levinho, com o miolo mole e macio,  mas com a casquinha dourada e crocante. Eis a foto do danado.


Ele não é lindo?!?!?! C’est bon!!! O melhor que já comi na vida. E o endereço da mina de ouro:  Tout autour du pain – 134, Rue de Turenne – ter/dom. -8/20h; metrô Filles du Calvaire/linha 8 ou République/linhas 3, 5, 8, 9 e 11. Experimente a baguette também, não irá se arrepender!

#dicasdeParis #melhorcroissantdeParis #ondecomercroissantemParis

1 view0 comments